Cooking Abroad: como estudar no exterior sem virar uma bola

Olá Abroaders!

O post de hoje é sobre um tema muito importante na vida de um estudante no exterior: COMIDA!

Quando você muda do seu país para um lugar novo e desconhecido, essa mudança afeta diretamente a sua alimentação. Muitos estudantes nunca moraram sozinhos e não sabem cozinhar nada além de miojo e ovo frito. Além disso, é muito mais prático e rápido comer um lanche. Vocês com certeza terão uma rotina bem cheia e pouco tempo para efetivamente se preocupar com isso. (Para saber mais sobre como gerenciar melhor o seu tempo durante o mestrado / doutorado, leia esse post.)

Em muitos lugares é mais barato comer mal. Ou seja, a chance de você cair na armadilha de comer porcaria porque é mais rápido e mais barato é imensa. Comer mal é extremamente prejudicial a saúde. A nossa alimentação influencia a qualidade do nosso sono, habilidade de concentração e a nossa saúde como todo. Não preciso nem mencionar as questões estéticas né. Creio eu que ninguém quer voltar rolando para o Brasil.

Sendo assim, temos o orgulho de lançar o mais novo quadro do Abroaders: Cooking Abroad!

Cooking Abroad

Nesse quadro iremos dar dicas de como se alimentar de forma mais saudável através de receitas baratas, fáceis e rápidas de fazer. Não se preocupe, você não precisa ser mestre cuca para acompanhar as receitas. Iremos dar o passo-a-passo para que todos consigam fazer.

Um fato bem engraçado (desesperador) que acontece quando você se muda para um país diferente é que você não tem familiaridade com o tipo de comida que existente e é predominante naquele lugar, você não conhece as marcas (ou conhece as marcas mas não os produtos) que são vendidas no mercado.

O que acontece quando você vai no mercado? Você fica que nem barata tonta de um lado para o outro, demora três horas para fazer uma compra porque você não sabe direito o que comprar. E o que você vai gostar de comer. Analisa e lê todos os rótulos. Passa cinco vezes pelo mesmo corredor. Não encontra as coisas porque a forma de organizar a disposição dos produtos no mercado em outros países é diferente do Brasil. Todos esses problemas são manejáveis, obviamente. Mas sempre é bom estar preparado ou ter alguém para te ajudar a se encontrar. Por isso também daremos dicas de produtos marcas, supermercados e tudo que envolve a deliciosa arte de comer no exterior!

Através do Cooking Abroad, esperamos ajudar você, estudante brasileiro no exterior, comer bem e não gastar muito tempo e dinheiro com isso. Sem mais delongas, mãos a obra!

 

A receita de hoje não é uma invenção minha. Quem me ensinou foi uma querida amiga em um momento de desespero meu em busca de receitas práticas e rápidas. Obrigada Rafa!

Vou ensiná-los a fazer um pão de queijo tapioca de frigideira! Já testei! É delicioso, versátil e muito rápido de fazer. Sério, quinze minutos está pronto.

Os ingredientes que você irá precisar para a massa são:

1 ovo

2 colheres de farinha de tapioca

Calma gente, sem pânico! Essa farinha você compra em qualquer mercado (eu comprei no Kroger).  Eu encontrei em uma sessão que tinha uns produtos naturebas, orgânicos. Mas isso pode variar de mercado para mercado. Dá para comprar através da Amazon também. Não é muitooo barato (6-7 obamas), mas rende. Você com certeza fará muitas tapiocas com ela, então vale a pena. É isso aqui ow:

Farinha de tapioca

 

1 colher de creme de ricota – aqui depende muito do  seu gosto e há muitas possibilidades. Você pode usar queijo cottage, algum outro queijo em creme ou requeijão. Dá para substituir também por iogurte natural e até por água, caso a sua despensa esteja vazia!

1 colher de farinha de linhaça  – esse ingrediente é opcional. Caso você não tenha ou não queira comprar linhaça, você pode usar outra farinha/grão ou até eliminar o ingrediente. Quando eu fiz a primeira vez, não tinha linhaça. Substitui por aveia e ficou bom.

Aveia

 

Queijo – Aqui as possibilidades são infinitas. Se você ama queijo que nem eu, com certeza poderá pensar em mil combinações de queijos para usar. A única recomendação é tentar usar queijo já ralado ou em pedações pequenos para que ele derreta mais fácil e se integre na massa. Mussarela ralada, parmesão ralado, gorgonzola em pedaços, feta em pedaços…. go crazy!

Temperos a vontade – Esse ingrediente também é opcional. Você pode ou não escolher temperar a sua massa. Sal, pimenta, salsinha, cebola, alho, o que você quiser. Escolher o tempero é muito de gosto também. Coloque o que você normalmente usa e gosta, só tome cuidado para não exagerar!

Bata (bater significa colocar tudo em uma tigela e misturar os ingredientes, para os muito leigos rs) todos esses ingredientes com um garfo. Misture bem. A mistura irá ficar mais ou menos assim:

IMG_0517

 

Unte uma frigideira com manteiga ou azeite. WHAT? Untar significa basicamente lambuzar a frigideira com manteiga para que os ingredientes não grudem quando você for cozinhar. Não precisa de muito, uma colher pequena com manteiga ou azeite é suficiente.

frigideira untada

 

Coloque a mistura na frigideira untada / lambuzada e ligue o fogo baixo. A mistura irá se espalhar pela frigideira. Quanto mais se espalhar, maior ficará a sua tapioca. Só tome cuidado para não espalhar demais, pois a massa ficará muito fina e poderá despedaçar.
Massa na frigideira

Deixe fritar até perceber que a massa está endurecendo e começando a desgrudar  da frigideira. Quando isso acontecer, fique atento pois logo você terá que virar. Em média você deverá fritar de 2 a 4 minutos cada lado. Depende de quão torradinho você gostaria que o seu pão de queijo tapioca fique.

Depois de ter fritado dos dois lados, chega o momento de rechear. Para o recheio não há regras. Você pode usar o que quiser para rechear. Quando fiz, usei peito de peru e mussarela fatiada (eu realmente amo queijo, não me julgue) e tomate. Mas as possibilidades são infinitas. Manteiga, requeijão, outros tipos de queijos, presunto, bacon, cebola, até carne moída. Faça as suas próprias combinações segundo o que você mais gosta. Te garanto que não tem como ficar ruim!

Eu coloquei o recheio ainda na frigideira para que o queijo extra derretesse e e o peito de peru esquentasse um pouco. Mas você pode rechear já no prato também. Depois que rechear, dobre no meio a tapioca, como se fosse um sanduíche.

Colocando o recheio

É ISSO! Agora é só comer. Te garanto que fica muito gostoso! Faça as suas combinações e nos mande a foto! Caso tenha sugestões de receitas e dicas para o Cooking Abroad, por favor nos mande que postaremos! 🙂

Pão de queijo tapioca de frigideira

 

 

Comentários

  1. José Neto disse:

    Parece ser bom. D:

Deixe seu comentário